Anúncio

Collapse
No announcement yet.

Pro-Ject Debut Carbon

Collapse
X
 
  • Filter
  • Horas
  • Show
Clear All
new posts

  • Pro-Ject Debut Carbon



    O lançamento do primeiro gira-discos Debut, no final dos anos 90, revolucionou a indústria da alta-fidelidade. Pela primeira vez desde a chegada do CD e da alegada queda dos discos de vinil, emergiu um produto analógico para as massas, isto é um equipamento ao alcance de todos os amantes da música.
    O aparecimento do Debut representou um ponto de viragem no declínio do vinil. Daí em diante, o mercado analógico cresceu de forma consistente, tanto na venda de equipamentos como de discos. O Debut foi precisamente o que as pessoas queriam: um gira-discos elegante, fácil de usar e poderoso para reproduzir os discos que haviam armazenado em suas casas. Acima de tudo, o Debut era acessível considerando o seu desempenho de classe analógica.
    Até à data, o Debut vendeu várias centenas de milhares de unidades em diferentes versões e cores e tornou-se no standard da gama de entrada na maioria dos pontos de venda especializados do mundo.
    A variedade de cores também transformou o Debut num gadget lifestyle, permitindo-lhe “posar” para revistas lifestyle como a Vogue e Elle e catálogos de design como a Conran. O Debut é uma obra de arte, estando exposto no MAK – Museum for Con-temporary Art em Viena.

    Debut Carbon
    Distribuído em Portugal exclusivamente pela Supportview, o Debut Carbon da Pro-Ject foi concebido para estabelecer novos padrões nesta categoria de produto para a pró-xima década.
    A evolução mais evidente está na inclusão de um braço totalmente inteiriço (incluindo o suporte da cartridge) em fibra de carbono, que aumenta a firmeza e diminui as res-sonâncias indesejáveis. Este material é usado extensivamente em braços high-end, mas devido ao seu custo de fabrico nunca tinha sido utilizado em produtos com preços mais baixos.
    Outras melhorias incluem um aumento no tamanho e peso do prato para uma rotação mais suave e sem trémulos. A suspensão do motor foi criada de raiz de forma a reduzir o fluxo da ressonância do motor até ao plinto. A Pro-Ject inclui agora uma caracte-rística adicional que complementa a suspensão de quatro pontos em “O” tradicional: dois pés isolados concebidos em sorbothane – um material até agora apenas usado em gira-discos muito mais caros.
    O Debut Carbon inclui ainda terminais RCA de alta qualidade, que oferecem aos utili-zadores mais flexibilidade na hora de atualizar os seus cabos. Os novos braço em carbono, suspensão e prato atiram o Debut Carbon para outra liga de qualidade de reprodução sonora.

    Para melhor servir o desempenho acrescido, a Pro-Ject escolheu usar cartriges nunca antes oferecidas em gira-discos de entrada de gama. Os consumidores podem optar entre a já conhecida e mais acessível Ortofon OM 10 (para um gira-discos com preço total de 299 euros), ou escolher a mais sofisticada Ortofon 2M RED, que permite ainda assim oferecer o conjunto completo por apenas 349 euros. O ainda mais sofisticado Debut Carbon Esprit, com prato em acrílico e Ortofon 2M RED, está à venda por 468 euros.
    Adicionalmente está disponível uma versão com pré-amplificador e conversor D/A USB integrado, equipado com a Ortofon OM 10, por 468 euros – especialmente indicado para utilizadores que não possuam uma entrada phono nos seus sistemas hi-fi e/ou desejem transferir os seus LPs para um computador.

    O Debut Carbon está disponível em preto, vermelho, verde, azul, amarelo, prateado ou branco com acabamento de alto brilho sem acréscimo no preço final.

    Mais informações em http://www.supportview.pt/index.php?page=pro-ject
    – Duke Ellington

    http://www.relogiospt.eu/
Working...
X